O valor da publicidade que aparece e desaparece…

Snapchat está aí e veio para ficar

SnapChat acredita que tem uma forte presença social que ultrapassa muitas outras plataformas sociais, e que dispõe de um produto muito apetecível para as marcas que normalmente publicitam, como tal está a cobrar 600.000 € por dia a marcas que querem fazer desaparecer os seus spots publicitários, logo que sejam vistos, a controvérsia surge quando se discute a efectividade deste tipo de publicidade.

Quando estamos presentes em qualquer evento desportivo ou musical, olhamos à nossa volta e vemos milhares de pessoas a olhar para os seus dispositivos móveis, fazendo vídeos e tirando fotos, estas pessoas não estão a viver o momento, estão na verdade a olhar para outro sítio, estão conectados a um mundo virtual.

É aqui que plataformas como o SnapChat “atacam”, as pessoas não se podem desligar, senão perdem algo de muito valioso. “SnapChat é uma plataforma de experiências que obriga e encoraja a prestar toda a atenção para poderem lembrar mais tarde”. Aproveitando isto a SnapChat acredita que tem uma proposta de valor que pode valer cerca de 600.000 € diários.

Invertendo aquilo que é o tradicional, ou seja, pagar para comunicar e ser visto, aqui a ideia é pagar para ser exclusivo e rapidamente desaparecer, e nunca mais poder ser visualizado. Curiosamente a proposta de valor da SnapChat é tão valiosa que nem a Google consegue, ou seja, que a publicidade é consumida, havendo garantias que a publicação do spot é efectivamente vista.

As plataformas que fazem publicação de publicidade estão cada vez mais sobre o olhar atento das marcas e empresas que publicitam, isto porque querem perceber se efectivamente o seu investimento tem retorno, por isso exigem tecnologias, estratégias e ferramentas que possam medir de forma exacta o impacto que pode ter uma campanha, reduzindo ao mínimo a quantidade de publicidade que é ignorada.

Para que a publicidade funcione, primeiro é necessário que o “utilizador” se envolva, e depois deve-se trabalhar para que seja memorável. Se os criativos que produzem a publicidade, começarem por pensar que aquele “spot publicitário” será algo que irá desaparecer, da mesma forma que existe o cliché de “aproveitar cada momento porque ele será único”, a publicidade do SnapChat pode ser eficaz, fazendo com que a mensagem chegue ao consumidor.